segunda-feira, 7 de setembro de 2009

É na manutenção que mora o perigo...

Oiê!

Hoje quero falar sobre o problema que é para mim manter meu peso após o emagrecimento.

Depois que emagreço e chego ao peso e corpo que eu quero, chega o momento da manutenção. Pra mim é um momento de grande dificuldade porque ou engordo ou emagreço mais, tenho sérias dificuldades em manter tudo que conquistei e não é por falta de força de vontade, é simplesmente não ter aprendido ainda o meio termo que meu corpo precisa para simplesmente manter o peso alcançado.


No primeiro mês de manutenção emagreci 1.400gr, péssimo! Estou no segundo mês de manutenção, me pesarei na penúltima semana de setembro, mas.... se eu continuar comendo como comi na última semana, inevitavelmente engordarei, o que seria péssimo também.

Mas.... eu não desisto nunca!!! rs. Vish, o dia em que eu deixar a peteca cair, podem me enterrar porque eu morri!!! rs

Comecei um novo livro porque definitivamente eu só consigo "pensar magro" quando me policio e quando o objetivo é emagrecer, depois os pensamentos gordos voltam com força total, ressurgem das trevas, saaaaco!

Caso goste do livro postarei trechos pra vocês, caso eu não goste, no final divido minha opinião com vocês também.

Este livro me chamou atenção porque não é um livro de dieta, é um programa psicológico baseado nos princípios da terapia cognitiva-comportamental, êpa! falou em programa psicológico, tô dentro!!! rsrsrs

Ele promete que aprenderei estratégias duradouras para:
- Aderir à dieta escolhida.
- Resistir a alimentos tentadores.
- Lidar com situações alimentares "perigosas".
- Dizer "Não, obrigado" aos que insistem para que eu coma.
- Impedir a alimentação emocional.
- Superar qualquer desculpa para comer exageradamente.
- Arrumar tempo para me exercitar.
- Emagrecer e ficar magra para o resto da vida.

E que assim seja, amém!!! rsrsrs

Vou me esforçar pra aprender tudo direitinho, prometo!! rs

14 comentários:

Mia Knox disse...

Isso mesmo Clau, lendo a gente aprende muita coisa e vc logo acha um ponto de equilíbrio ok? beijinho!

Giovana disse...

Oiii Clau, as vezes paro p pensar qdo chegar em minha meta como vai ser, se vou ter força p ter controle depois...não deve ser mto facil msmo...

Silvia Gonçalves disse...

Aff....

Meu Deus!!

Estou torcendo para fazer logo a cirurgia sabia... assim vou emagrecer por conta da dieta pós cirurgica que farei...

E então, meu objetivo será manter o que conquistar... afinal, não poderei comer como antes e agora....

Mas sera muito bom pra mim!!

Bjos

Aline disse...

Clau, todo mundo diz que emagrecer não é o mais difícil e sim, se manter magra.
Também já senti isso na pele. Quando chego no peso ideal, parece que liga um interruptor babaca na minha cabeça, dizendo que agora vou poder comer tudo o que quero! Jesus!!!
E pra desligar o filho da mãe??? Alguém me ensina??? Hehehehe
Mas estou aprendendo a ter mais serenidade no processo, e acredito que assim, quando chegar na minha meta novamente, vou ter mais tranquilidade para me manter magra.
Beijos! Estou torcendo por você!

Julinha disse...

depois conta se o livro é bom.

beijos

Valérie Roberto disse...

Quando há aprendizado, manter o peso não é dificil. Não tenho medo da manutenção não. No meu caso houve realmente uma mudança do estilo alimentar e isso acompanha a manutenção.

Manutenção tambpem significa oscilar até um quilo para cima e um para baixo. E ter uma calça jeans no ponto exato. Se a bichinha começar "agarrar", "subir", "coxar", tá na hora de segurar a boca"! Que é magro age assim. Exagera um pouquinho no final de semana e come comidas mais leves depois.

Um beijao e boa sorte

Pityla disse...

Oiiii... seja bem vinda no meu blog.. hehe
Sempre que quiser.. pode sim me visitar.. vou ficar muito feliz..
Quanto a esse livro, ja ouvi falar muito nele mas nunca o li nem vi por aki...
Espero que dê certo contigo..
Boa sorte.. Beijokas

* Aline Virtus * disse...

Gostei do "arrumar tempo para exercitar". Concordo plenamente, pois depois de atingirmos o peso-meta devemos ter uma rotina tal que nos ajude a manter. Por isso que creio piamente que R.A. É para sempre mesmo, não tem jeito não.

Ao invés de ser um peso nos ombros, que seja parte já internalizada por nós. Fica menos cansativo pensar assim. Ao menos, eu acho!

Bjs e sucesso na leitura!

Josie disse...

Pensar magro... depois conta o segredo, tá! Eu sempre perco peso, mas nunca deixei de pensar gordo!!! Espero que dessa consiga!
Boa leitura, e depois conte as novidades!
Bjinhosss =)

Eureka disse...

Passando pra conhecer seu blog! Grande beijo ^^

Josie disse...

Claudia, passa no meu cantinho e pegue o seu selinho!!!
Bjinho

Sweet Carola disse...

Oiê! Amei!!!

Terapia cognitiva, parece ótemooo!

Quando há um estudo mais apurado eu caio dentro. Não tenho paciência para regrinhas de revista de dieta! rsrs

Vou caçá-lo!

Beijinhos!!!!!

* Aline Virtus * disse...

Claudia, ainda bem que gosta de como escrevo, pois é exatamente como falo! Ha ha ha Eu me acho bem-humorada mas pelo jeito que falo do que pelo que falo e escrevendo, ter entonação é complicado, né? Ha ha ha

Ai, ai. Vou tentar queimar aquilo ali (duas tortas) que comi sem pensar na pesagem e em meu esforço desses 60 dias! \o/ PUTZ! Deixa eu ir, tenho que malhar mais ainda esse corpo gordinho!

Tchau e bjs!

Andréia Santana disse...

O difícil é se manter magra... mas força que vc consegue.

Quero te convidar a conhecer meu espaço na web; é um blog que fala de tudo um pouco do nosso universo feminino... principalmente moda, que é área em que trabalho... e se GOSTAR de meu cantinho, eu ficarei muito feliz em tê-la como minha seguidora... também me tornarei seguidora de seu blog... aceita a parceria??? Aguardo pela sua visita. Bjks

Ah! Neste domingo passado, eu postei três sorteios que está rolando na blogosfera, de três amigas minhas... ficarei muito feliz se você participar. Bjks