sábado, 12 de setembro de 2009

Impulsiva e Espontânea

Oi pessoas lindas!!!

Vim aqui hoje para falar de algo que sou: impulsiva!! E sobre o quanto isso me traz problemas.
Eu sou muito sincera, honesta e transparente, o que sinto é claro, notório, as pessoas sabem só de me olhar, não consigo camuflar, se estou chateada com alguém eu logo dou um jeito de colocar os pingos nos "is", passar a régua e seguir em frente. Se estou feliz todos à minha volta percebem porque sou muito explícita.

Maaasssss por outro lado, por demonstrar muito o que sinto e o que penso, as palavras saem da minha boca, ou tenho atitudes impulsivas, sem parar antes para pensar e refletir e é claro, sem maldade, eu fico tão desconcertada que a pessoa logo percebe que não foi por mal.

Por ser muito espontânea e fazer/dizer coisas muitas vezes sem pensar eu cometo vááárias gafes!! Ontem bati o record! Cometi uma na hora do almoço: mandei um email para pessoas erradas, foi a cagada do ano! Pedi desculpas às pessoas mas me chateei muito porque foi um erro crasso, primário, um erro que eu não poderia ter cometido jamais, mas já tinha feito só me restou pedir zilhões de desculpas.

E pra fechar o dia com chave de ouro, uma amiga comentou que vai inscrever a sogra num destes programas tipo "10 anos mais jovem" porque ela é uma pessoa super alto astral mas com aparência judiada, daí dei a maior força, falei pra ela entrar no site e já inscrevê-la. Ela entrou e disse: ah, tem que mandar foto, não vai dar pra fazer agora. Daí eu solto a pérola: "nooossa, a hora que verem a foto dela vão chamá-la na hora!!!" Ainda bem que a pessoa é do bem e riu, eu ri também, mas ri de tão sem graça que fiquei, e tentei consertar: "eu, pra ter conserto, só morrendo e nascendo de novo".

Hoje já refleti muito sobre minha espontaneidade e decidi que vou me policiar mais, segurar mais a boca, pensar mais antes de falar.

Pensando na comida, quantas vezes comi um monte de bobagens por impulso e nada do que eu comi me satisfez física e psiquicamente, e o quanto eu tenho que aprender a conter meus impulsos em todas as áreas da minha vida.

É isso, enquanto eu estiver encontrando "coisinhas" em mim para consertar com o intuito de melhorar (sempre), estarei feliz.

À todos que um dia posso ter magoado com palavras ou atos, peço, humildemente, desculpas!!!

Um lindo domingo para todos!

Bjbjbjbjbjbjbj

13 comentários:

Mia Knox disse...

Nossa Clau, me identifiquei muito com seu relato. Eu sempre falo o q não devo, na hora errada e depois fico sem saber onde me enfiar. Uma situação q aconteceu há pouco tempo: A sogra de uma amiga faleceu, e esta amiga estava usando o carro da falecida. Aí eu indo com ela pro estacionamento, ela disse: é, to com o carro da (não lembro bem o nome) por uns dias, tá me facilitando muito a vida.. e eu pra continuar a conversa soltei: "pois é, ela não tá precisando mesmo" ... ai céus, ainda bem q essa amiga é mto espirituosa e deu risada, mas veja se isso é coisa q se diga!... somos duas então, vamos nos policiar! beijos

Silvia Gonçalves disse...

OH Clau...

Isto é normal e natural...
Claro que devemos sempre pensar para que pessoas não fiquem chateadas com o que dizemos, porém, também sou da opinião de que devemos ser sinceras o máximo que puder...

Lembra daquela série da Glogo - O super sincero - Pois é... dou o maior apoio pelo menos na sinceridade, não no jeito que era dito..r.s.. afinal, pode-se perceber diversas vezes que pessoas daquele tipo não tem muitos amigos...

Vixi.. agora não sei mais nada, amigo não é aquele que gosta de vc por conta da sua sinceridade???

Sabe, acho que a Sonia está sem falar comigo porque fui bem sincera com ela da ultima vez que conversamos.. mas acho que precisava dizer tudo isto... Ela vive em um conto de fadas eterno e ela é sempre um personagem principal... me senti chateada com algumas coisas e disse a ela... no entando ela se afastou.. agora me pergunto... afinal, o que é ser amigo??...


Bjos e bom domingo pra vc tb...

Julinha disse...

hahahahaha
eu tenho dessas tb.

uma vez elogiei minha cunhada, aí logo em seguida comentei: nem parece tu...
mas era pq ela tava de preto, e ela sempre se veste colorido, e nao pq ela estava bonita que tava diferente hahahaha

beijos

Carol Martins disse...

Clau tive que rir aqui!!rsrsrsrs
Eu sou MUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUITO assim! Caraca! Acho que o pior foi quando o marido da amiga da minha mae tinha sido preso e ele estava em casa e minha mae perguntou: "entao, como foi seu tempo durante aquele periodo?" e ele respondeu: "Ah, nao fazia nada, ficava deitado o dia todo, assistindo TV, parado" aieu solto a perola: "Nossa, vida boa hein!" afffff... e tem varias outras! Ninguem merece isso ne!
Mas que bom q vc se propos a policiar! Eu tambem tenho feito isso! Ja entrei em vaaaarias saias curtas por causa disso!
Bjao

* Aline Virtus * disse...

É, acho que todas nós temos nossas história e nossos momentos... o importante e você se dar conta e prestar mais atenção nisso! :P

Bjs e excelente domingo!

Aline disse...

Huahuahuahuahua
Dei muita risada lendo seu post.
Eu sou super espontânea também, mas aprendi a me segurar. Na verdade, com as minhas coisas sou mais espontânea, mas quando é pra comentar algo do outro, já dou uma segurada, porque sei que posso machucar.
Mas que bom que está conseguindo refletir sobre isso. É o primeiro passo para a mudança.
Torço por você.
Beijo!

Andréia Santana disse...

Oi Clau! Obrigado por virar seguidora de meu cantinho, já me tornei seguidora daqui também... não achei a caixinha de seguidores... mas mesmo assim virei seguidora... ao acessar o painel de seu blog vc me verá lá.

Menina, eu também sou super sincera e espontânea, mas aos meus 33 anos, aprendi a maneirar e controlar essa siceridade... pois ao longo desses 33 anos, eu perdi muitas amizades.

Agora, o que não consigo é controlar esse impulso desconrolado de atacar a comida na hora da ansiedade... mas um dia eu consigo!!!

Olha só... temos mais uma coisa em comum... eu também tenho uma Nicolle em minha vida... só que é uma gatinha. Ela apareceu abandonada e machucada em meu portão. Bjks

flávia disse...

Eu também sou,mas quando a gente se dá conta,eu acho que já é meio caminho andado.E depois de várias saias justas,eu aprendi a me controlar um pouquinho,rs.

bjssss,

Pityla disse...

oieee. hehehehe
bah menina...
que gafe hein?! coitada da senhora la.. hihihi
ja fui assim tbm.. agora costumo pensar bem antes de falar, ou ate engolir algumas coisas para não falar besteira. hehe
Beijoss boa semana pra ti.

edson disse...

lindas palavras, boa semana, beijos!!!!

being fashion is... disse...

o importante eh que vc veio falar e se arrependeu.. acho que eh muito legal isso de sua parte.....

beijos, querida.

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

Ju emagrecendo disse...

Oi Clau! Legal esta tua reflexão! Acho que a gente sempre deve procurar ser melhor! E não dizer simplesmente sou assim, nunca vou mudar. Se você acha que algo em você incomoda os outros deve se esforçar para melhorar. Comigo foi assim no trabalho, tive a chance de mudar e recomeçar do zero! Foi muito bom, hoje reajo diferente nas mesmas situações e estou feliz!
bjs